Uma viagem inesquecível

Postado em 03/05/2013 por Renata Terra.

Com informações de Coordenadora Miria Azevedo Couto Brandão.

Visualizado 745 vezes.


Nos dias 16 e 18 de abril, os alunos dos 5ºs anos foram à Fábrica de Chocolates Garoto. Eles conheceram como os chocolates são fabricados, viram que, da fábrica até chegar às lojas, o chocolate passa por vários processos e tiveram a oportunidade de saborear os deliciosos chocolates Garoto. Os alunos ainda visitaram o Centro de Documentação e Memória, onde está reunida toda a história da Garoto.

 

No mesmo dia a turma foi ao Palácio Anchieta, que é uma das sedes de governo mais antigas do Brasil. Na oportunidade, além de conhecerem a história do palácio, os alunos visitaram a exposição interativa intitulada "Rubem Braga - O Fazendeiro do Ar" que comemora o centenário de um dos filhos mais respeitados das terras capixabas, Rubem Braga. 

 

A exposição mostra a grandiosidade do cachoeirense que transformou a crônica em literatura. Uma das marcas da exposição é a interação e familiarização do público com textos, documentos, correspondências, desenhos, pinturas, fotografias, objetos, depoimentos em vídeos e publicações sobre a vida e obra do escritor.

 

Curiosidades e Relatos que os monitores da Garoto contaram para os alunos:

 

-Origem do nome “Serenata de Amor”-

"É interessante saber que o nome do bombom "serenata de amor" surgiu quando o fundador da fábrica, Henrique Meyerfreund, inventou o primeiro bombom em formato de bola, em 1949. Ele ofereceu para a cunhada Úrsula, que tinha um namorado muito apaixonado e que fazia serenatas de amor para ela todas as noites. Ela então sugeriu o nome do bombom e ele gostou".

 

-Embalagem dos bombons-

“Que as famosas caixas de bombom amarelas, antigamente, eram feitas de papelão e amarradas com barbante. E para dar uma imagem mais bonita, eram colocadas fotos de mulheres bonitas que saíam nas capas de revistas da época".