Bolinha de gude ou boleba - Vamos jogar?

Postado em 20/08/2013 por Renata Terra.

Com informações de Professora do 3º ano V, Patrícia Gava.

Visualizado 1525 vezes.


Em meio a tantas brincadeiras e jogos eletrônicos contemporâneos que prendem a atenção das crianças devido aos seus movimentos, cores e interatividade, brincar com bolinhas de gude parece ser arcaico. Engano! A turma do 3º ano V1 aderiu à brincadeira que marcou, com certeza, a infância de seus pais e avós.

           

Aparentemente insignificante, é um jogo que exige muita criatividade, esperteza e obediência às regras combinadas entre os participantes, o que faz dessa brincadeira secular um jogo excitante, onde quem passa por perto dá aquela vontade de pegar uma bolinha e dar um peteleco na boleba do adversário.

           

 Assim como a boleba, ou bolinha de gude, que tal voltar um pouquinho no tempo e reviver algumas dessas brincadeiras de antigamente? Elas estimulam a criatividade, ensinam a respeitar regras combinadas entre os participantes, ou seja, estimula o bom relacionamento humano, e o melhor, custam muito pouco ou quase nada.

           

Os alunos do 3º ano V1, constantemente, também brincam de pular corda, jogar peteca, entre outras brincadeiras que a professora Patrícia traz para a sala de aula como forma de descontração e incentivo aos estudos, pois aprender brincando é tudo de bom!

           

Aos pais, vai aí uma dica: evitem dar aos filhos todos os brinquedos que o dinheiro pode comprar. Dar ao filho a oportunidade de criar suas brincadeiras irá torná-lo um ser humano mais criativo e proativo, além de estimular o bom relacionamento interpessoal.