V Festival de Teatro: "Oito Crônicas Escolhidas" - Rubem Braga

Postado em 31/10/2014 por Renata Rizo Terra Terra.

Com informações de Professora de Língua Portuguesa, Vanessa Juriatto S. Pedroni.

Visualizado 1714 vezes.


O V FESTIVAL DE TEATRO CAMILIANO foi planejado com os 7ºs anos a partir do livro “200 crônicas escolhidas” – Rubem Braga, que comporta uma reunião dos melhores textos produzidos pelo escritor entre 1935 e 1977. Essa atmosfera foi trabalhada nas aulas de Língua Portuguesa e Produção de Texto, ministradas pela professora Vanessa Juriatto S. Pedroni, e de Artes, ministradas pelo professor Rodrigo Abras, em parceria com a Coordenação de Ensino, representada por Miria Couto, com a secretária Juliana Sueth e com as estagiárias Pamela, Samyc e Jéssica, que também compõem a equipe do segmento.   

 

Das 200 crônicas, as oito escolhidas foram: MÃE, O REI SECRETO DE FRANÇA, EM CACHOEIRO, O PADEIRO, AULA DE INGLÊS, ENTREVISTA COM MACHADO DE ASSIS, MEU IDEAL SERIA ESCREVER e A EMPREGADA DO DOUTOR HEITOR.

           

As turmas foram divididas em oito grupos e, cada grupo, ao receber a crônica escolhida, depois de um sorteio, teve como atividade de produção textual reescrever a crônica com as características de um texto teatral, fazendo as adaptações necessárias.

           

Então, o dia 08 de outubro foi a data escolhida para o grande espetáculo acontecer, no Teatro Municipal Rubem Braga, dia este em que os textos do escritor ganhariam, ainda, mais notoriedade nas encenações adolescentes da noite que prometia!

           

E prometia mesmo! A escolha dos grupos campeões não foi tarefa fácil para os jurados! Escolher o melhor ator ou a melhor atriz de cada turma também foi um desafio, pois todos estavam brilhantes! Como já dizia João Caetano, primeiro ator brasileiro: "A arte dramática é a arte educativa por excelência.” 

               

Mesmo com tantos talentos à mostra, era necessário fazer escolhas. Afinal, trata-se de um FESTIVAL DE TEATRO! E, contando com o olhar aguçado dos jurados, os grupos selecionados foram:

 

Troféu Máscara de Bronze para o grupo que encenou a crônica “O Padeiro” (7º M2) - Personagens: Padeiro e carteiro: Matheus/ Empregada: Anna/ Senhora: Thalita/ Homem: Daniel/ Menino: Caio/ Menina: Eliza.

 

Troféu Máscara de Prata para o grupo que encenou a crônica “Entrevista com Machado de Assis” (7º M1) - Personagens: Machado de Assis: Vítor Lucas/ Repórter: Murillo/ Mulher de Machado (Carolina): Isabela Leal/ Namorado de Camila (Marcelo): Matheus/ Vendedor de balas (José): André Couto/ Coveiro: João Victor Dillem.

 

Troféu Máscara de Ouro para o grupo que encenou a crônica “Em Cachoeiro” (7º M2) - Personagens: Gabriel Penedo – Jeff (mordomo e bombeiro)/ Ricardo – Rubem Braga (velho e novo)/ Bruna – Dona Branca (mãe do Rubem)/ Maria Paula – Dona Gracinha (professora e tia do Rubem Braga)/ Isadora – Morena/ Giulia – Zora (namorada do Rubem).

           

O prêmio de MELHOR ATOR – 7º M1 – foi para o aluno Vítor Lucas, e o de MELHOR ATRIZ para Izabella. No 7º M2, o de MELHOR ATOR foi para o aluno Daniel Alexander e o de MELHOR ATRIZ para Maria Paula.

 

 

Parabéns a todos os alunos dos 7ºs anos M1 e M2 pelo belíssimo espetáculo!