V Sarau Literário - "Um Chá na Casa de Ruth Rocha"

Postado em 14/11/2014 por Renata Rizo Terra.

Com informações de Professora De Língua Portuguesa, Vanessa Juriatto S, Pedroni.

Visualizado 1506 vezes.


No dia 14 de outubro de 2014, no palco do Teatro Municipal Rubem Braga, os alunos dos 6ºs anos do Centro Educacional São Camilo – ES, sob a coordenação da Professora Vanessa Juriatto S. Pedroni, em parceria com o professor Rodrigo Abras, com a Coordenação de Ensino, representada por Miria Couto, com a secretária Juliana Sueth e com as estagiárias Pamela, Samyc e Jéssica, que também compõem a equipe do segmento, realizaram, magnificamente, o V Sarau Literário - “UM CHÁ NA CASA DE RUTH ROCHA”.

 

Com o objetivo de proporcionar momentos de prazer e alegria aos alunos e a toda comunidade escolar, buscando resgatar e desenvolver o hábito de leitura, literatura, poesias, contos, causos, crônicas, lendas folclóricas e o despertar para manifestações artísticas, tais como: música, dança e teatro, promovendo o incentivo à leitura, estimulando-os a aprimorar a capacidade linguística, de produção de textos, e a valorizar e fortalecer a relação interpessoal e o respeito, desenvolvendo o interesse por autores, escritores e poetas é que essa atmosfera do sarau foi planejada.

 

Certamente, o cenário do teatro foi o palco de felicidades múltiplas com e a partir da literatura envolvente que emocionou o público presente. Todo o sarau foi a culminância pedagógica do trabalho com a obra O MISTÉRIO DO CADERNINHO PRETO, de Ruth Rocha, obra lida e analisada com os alunos pela professora de Língua Portuguesa.

 

O mistério do ‘caderninho preto’ foi, finalmente, revelado: a obra traz à tona um encontro majestoso entre os grandes nomes da literatura brasileira. É Ruth Rocha que, em sua casa, recebe Machado de Assis, Clarice Lispector, Ana Maria Machado, Olavo Bilac, Monteiro Lobato, Vinícius de Moraes e Tom Jobim para, entre amigos, tomarem um chá e poetizarem sobre a vida.

 

Neste momento de encontro dos mestres da palavra, porém, todos os autores compareceram trazendo com eles seus mais ilustres personagens para darem vida aos textos já pensados e escritos. Desde a turma do Sítio do Pica-Pau Amarelo até as garotas de Ipanema, a emoção tomou conta das apresentações. O clima literário inundou todo o teatro e fez aflorar a sensibilidade característica da fruição estética da literatura.

 

Foi poetizando, cantando, dançando, representando, tocando e sentindo que o sarau emocionou pela sua riqueza de detalhes. Na voz dos grandes protagonistas da obra de Ruth Rocha, Maria Emília e Pedro, também vividos pelos alunos, os autores eram anunciados e a ‘prosa’ literária de um se amarrava na conversa do outro. Foi de arrepiar! Lindo demais! Tudo!

 

Simplesmente, o sarau nos marcou como a possibilidade do encontro: comigo mesmo, com o outro que está a meu lado e com as belas histórias que nossos mestres da literatura escreveram e que ficam o tempo todo a nos chamar “Venha, você, também, tomar um chá comigo e saborear as dores e as delícias que ganham vida em minhas páginas!”

 

Parabéns, pequenos grandes leitores e autores dos 6ºs anos, e leiam sempre!