Medindo a Pulsação

Postado em 04/08/2016 por Gilliane Correia Wichello.

Com informações de Kelly Siloti – Prof.ª de Ciências.

Visualizado 739 vezes.


Alunos cansados, mas bastante animados e eufóricos! Assim foi o final da realização da experiência sobre a pulsação.

 

O mundo de descobertas do corpo humano está sem limites e, agora, foi a vez do Sistema Cardiovascular! Fascinados por tudo que têm aprendido, os alunos do 5º ano estão maravilhados com o funcionamento de seu corpo.

 

Uma das aulas práticas abordou a medida da pulsação através da Artéria Radial (parte interna do pulso) e na Artéria Carótida (lateral do pescoço). Após aprenderem identificar esses pontos no próprio corpinho, realizamos um experimento em que media a pulsação em repouso, após 1 minuto de corrida e após 2 minutos de corrida.

 

Com essa atividade, eles perceberam que há um aumento nos batimentos cardíacos após 1 minuto de corrida em relação ao repouso e que após 2 minutos de corrida, há um aumento ainda maior nesses batimentos cardíacos. Entenderam que nosso coração acelera para levar mais oxigênio e nutrientes às células, ou seja, mais energia.

 

Lógico que houve bastante divergência nas medidas, pois o preparo físico também interfere nos resultados. Mas foi um foco de discussão, pois entenderam que o coração de quem pratica atividade física é mais eficiente e mais saudável.