Curso de Ciências Biológicas promove III Simpósio de interações ecológicas

Postado em 10/06/2014 por Gilliane Correia Wichello e Luciana Ferrares Roli.

Com informações de Coordenação do curso de Ciências Biológicas.

Visualizado 929 vezes.


Durante os dias 05 e 06 de junho, o curso de Ciências Biológicas promoveu o “III Simpósio de interações ecológicas” com a finalidade de discutir questões relacionadas à conservação da biodiversidade e do ecossistema. Durante os dois dias de evento, que contou com uma programação voltada para acadêmicos e profissionais da área, também foram abortadas questões de prevenção que a sociedade deve ter para manter a conservação do meio ambiente equilibrado.

 

No primeiro dia de evento, a Dr.ª Nathalia Mamede ministrou a palestra “Bioecologia de cetáceos do litoral capixaba”. A palestrante trouxe, para exemplicar, várias imagens e sons dos golfinhos, explicando como é seu habitat natural, suas formas de comunicação e alimentação. Logo após a palestra “Proteínas transportadoras de lipídios em plantas” ministrada pelo Biólogo Umberto Zottich Pereira. Ao final das palestras os alunos puderam interagir, fazendo perguntas sobre os temas abordados, e discutindo possíveis soluções para os problemas de preservação.

 

No dia 06 de junho, o Dr. Anderson Lopes Peçanha palestrou sobre “Interações ecológicas: plantas e microrganismo benefícios” e para encerramento a palestra “Interações Ecológicas de Chrysopidae em Agroecossitema” do MSc. Jaidson Gonçalves.

 

O III Simpósio de Interações Ecológicas ofertou informações e experiências novas sobre uma estratégia de ensino-aprendizagem que, bem planejada e bem explorada, despertou o interesse dos alunos.

 

Segundo o aluno Fernando Cavalcante de Sales Junior, do 7.º período de Bacharelado em Ciências Biologias, o simpósio foi bastante relevante. “A promoção do evento relacionando áreas multidisciplinares intraespecificas foi um ganho para formação acadêmica e profissional, pois as palestras sempre estão relacionadas à aplicação técnicas científicas as quais beneficiam uma melhor aplicabilidade no mercado de trabalho”.