Na linguagem da ternura

Postado em 05/03/2015 por Gilliane Correia Wichello e Luciana Ferrares Roli.

Com informações de Reitoria do Centro Universitário São Camilo - ES.

Visualizado 651 vezes.


Na linguagem da ternura...

a lua desliza pela imaginação,

as estrelas invadem corações,

as cores cantam belas emoções.

 

Na linguagem da ternura...

a noite descansa e o dia amanhece,

o sol aquece e a terra agradece,

a planta engrandece e os frutos aparecem.

 

Na linguagem da ternura...

existe luz, flores e um caminho aberto ,

cresce a compreensão, o respeito e a esperança,

acontece o olhar, o toque e o abraço.

 

Na linguagem da ternura...

o respeito tolera e o carinho acaricia,

a convivência humaniza e as liberdades se plenificam,

o sonho deseja e os desejos sonham.

 

Na linguagem da ternura...

existe o espelho, a memória, a experiência e a novidade,

cresce a criança, o enamoramento, o equilíbrio e o horizonte,

acontece a mística, o amor, a confiança e o encantamento.

1 arquivo em anexo


Cartaz - Dia Internacional da Mulher
516 KB - Visualizar - Baixar