VI Semana de Matemática e suas práticas pedagógicas e o cenário da Educação Estadual

Postado em 29/10/2015 por Gilliane Correia Wichello.

Com informações de Coordenação do curso de Matemática.

Visualizado 1134 vezes.


Aconteceu, nos dias 13,14 e 16 de outubro, a VI Semana de Matemática e suas práticas pedagógicas, com o objetivo de articular saberes e fazeres para o futuro professor da matemática. O evento, mais uma vez, foi um sucesso e oportunizou que os acadêmicos participantes vivenciassem um pouco sobre o cenário da Educação Estadual e possibilitou a reflexão sobre o perfil de professor que precisa para atender a realidade deste século.

 

A abertura contou com as participações de alunos de escolas públicas, que, em um momento cultural, cantaram e fizeram uma apresentação teatral.

 

Durante a semana, foi proposta uma programação diversificada e dinâmica pensando no cotidiano escolar, desde modo, acadêmicos, egressos, professores do curso de Matemática analisaram, refletiram e discutiram temas importantes para a evolução da educação em nossa cidade e estado. Como embasamento para uma dessa discussão, aconteceu a palestra “O novo olhar para a educação no Estado do Espírito Santo” foi ministrada pelo Subsecretário de Estado de Administração e Finanças.

 

Os dias 14 e 16 de outubro foram reservados para as oficinas matemáticas: Lego Education no desenvolvimento do raciocínio, criatividade e interação, com o Prof. Tiago Tabeline Veronez, Explorando a calculadora científica, com o Prof. MsC. Hebert Torres e Prof. Jefferson de carvalho Souza, Explorando xadrez na aula de matemática, com Paulo Aristo Faccin Junior, Ronald Miler Ribeiro e Ravele Zanette, Explorando a OBMEP na sala de aula e O origami na Matemática, com a Prof.ª Poliana Barroso e Excel aplicado à matemática.

 

De acordo com a Coordenadora do curso de Matemática Prof.ª Alda Maria Francisco da Silva, o evento superou as expectativas, “a participação dos acadêmicos foi excelente tanto na palestra de abertura, quanto nas oficinas e nas atividades realizadas nas escolas públicas de jogos matemáticos nos 3.º anos”.

 

Durante a semana, em um das atividades, acadêmicos de Matemática exploraram seus conhecimentos e ministraram oficinas de jogos matemáticos em escolas públicas e prof. Alda também aprovou a iniciativa, “os nossos futuros professores de matemática tiveram a oportunidade ir nas escolas, cadastrar alunos e convidá-los a vir conhecer o Curso de Matemática, para demonstrar a possibilidade de atuar em mercado que envolve cálculos e aprender com profissionais reconhecidos em suas áreas de atuação e o benefício de formação de três anos”.

 

A São Camilo parabeniza acadêmicos, professores e coordenação pelo evento.