XIII Congresso Diocesano da Pastoral da Saúde: Em prol da Saúde

Postado em 29/09/2016 por Gilliane Correia Wichello.

Com informações de Departamento Diocesano de Comunicação.

Visualizado 847 vezes.


Nesse domingo, 25/09, aconteceu o XIII Congresso Diocesano de Pastoral da Saúde e Evangelização. Aproximadamente 200 pessoas se reuniram neste domingo no Auditório Pe. Sanzio Cicatelli, no Centro Universitário São Camilo-ES, para participarem do evento.

 

Com grande presença das paróquias, o público desfrutou de um dia de muita informação, reflexão e descontração. Iniciando o congresso, o Vice-Reitor da São Camilo Padre Américo Pinho de Cristo deu as boas-vindas e acolheu a todos. Nosso Bispo Diocesano Dom Dario Campos fez a primeira explanação do dia. Levantando a "bandeira" da ética na Pastoral, Dom Dario explicou a importância de saber compreender o enfermo e a sua situação.

 

"É preciso entender que nem sempre é possível ficar o dia inteiro na casa da pessoa. Esse doente pode estar com dor, querendo descansar ou até mesmo um pouco a sós com Deus. O próprio nome já diz: "visita". O importante é esta pessoa saber que, caso ela precise, ela tem com quem contar", disse Dom Dario, em uma de suas falas.

 

O Padre Andherson Franklin, Coordenador Diocesano das Pastorais Sociais, ressaltou a importância dos voluntários das pastorais, pois os leigos "são os olhos e os ouvidos das paróquias, chegando até onde nem mesmo os próprios padres conseguem chegar".

 

Falando ao público em dois momentos, a professora Magali Paraguassu Posse colocou muita emoção nas palavras ao dar seu testemunho de vida, contanto um pouco da sua trajetória. Integrante do quadro de educadores do Centro Universitário São Camilo, a prof.ª Magali também frisou o quanto a ética é primordial na Pastoral da Saúde. É com ela (a ética) que o leigo voluntário deve se apegar e tê-la como diretriz.

 

Descontração

 

Antes das palestras iniciarem, o Professor de Educação Física Demetrius Pires realizou uma dinâmica muito interativa, convidando todos a se alongarem e saírem um pouco da comodidade dos assentos, fazendo todos do auditório se mexerem.

 

Após o almoço, a banda animou todo mundo na acolhida do retorno, com direito a música e coreografia dos animais. No período da tarde, Frei Gustavo Barbiero Mello foi o convidado a discursar. Com bom humor, o frei falou sobre o cuidado humano, despertando a consciência de que também precisamos cuidar da nossa saúde, para prestarmos auxílio ao próximo. Com vídeos, dinâmicas e palavras profundas, ele criou um ambiente reflexivo e descontraído. Em outro momento, Frei Gustavo abordou o tema da vivência da fé e como nós vivenciamos uma fé diária no outro, antes mesmo da fé em Deus.

 

"Quer um exemplo? Quem aqui já andou de ônibus? Acredito que todo mundo. E quando nós entramos nesse ônibus, o que nós estamos fazendo? Estamos depositando nossa fé no motorista, acreditando que ele nos guiará até o ponto que desejamos. Quem garante que esse motorista não dormiu bem à noite e aconteça um acidente? Isso é a fé depositada nas pessoas, e nós fazemos isso todos os dias". Essa foi uma das falas de Frei Gustavo em seu discurso extrovertido.

 

Logo após, houve sorteio de brindes doados por comerciantes da cidade. Padre Américo Pinho também chamou à frente sua equipe, constituída de secretárias e estagiários, agradeceu um por um e os agraciou com brindes também. Encerrando o encontro, Padre Júnior Moreira, Pároco da Paróquia Santíssimo Sacramento da Eucaristia, celebrou a missa de encerramento, concelebrada por Padre Américo Pinho.

 

Encerrou-se assim o XIII Congresso Diocesano de Pastoral da Saúde e Evangelização, realizado pela Diocese de Cachoeiro de Itapemirim e pelo Centro Universitário São Camilo-ES.