IV Simpósio de Libras - Desafios da Inclusão – Surdez: Perspectivas de uma Educação Bilíngue

Postado em 05/07/2017 por Gilliane Correia Wichello Correia Wichello.

Com informações de Coordenação do curso de Letras/Língua Portuguesa.

Visualizado 681 vezes.


O Centro Universitário São Camilo-ES, articulado com o Núcleo de Licenciatura Letras Língua Portuguesa, promoveu, nesse último dia 28, o IV Simpósio de Libras com o tema “Desafios da Inclusão – Surdez: Perspectivas de uma Educação Bilíngue”, organizado pelas professoras da disciplina de Libras: Nathalia de Souza Duarte Bastos e Yerecê Regina Medeiros Simões Chiesa e pela coordenadora do núcleo Jacqueline Ramalho Nogueira dos Santos.

 

Na ocasião, os presentes puderam prestigiar o Hino Nacional Brasileiro e o Hino a São Camilo de Lellis, interpretados pelos alunos do 1.º e 5.º períodos da disciplina de Libras, além de lindas apresentações culturais, com a participação dos alunos Érika Marvila dos Santos, Kheverson Alves e Wendell Riquieri, da colaboradora da universidade Gabriela Bastos e da professora Nathalia Duarte. Todo o evento contou com a tradução simultânea do intérprete de Libras Charles de Castro Leite, da rede estadual e municipal de educação.

 

O simpósio trouxe a emocionante palestra da professora da universidade e Secretária Municipal de Educação de Cachoeiro de Itapemirim Cristina Lens Bastos de Vargas que, com o tema “Desafios da Inclusão”, levou a todos a uma reflexão sobre as dificuldades em vencer as barreiras do preconceito e o papel de cada um nesse processo inclusivo.

 

Em seguida, prestigiaram a palestra da pedagoga da Secretaria Municipal de Educação de Cachoeiro de Itapemirim Liege de Oliveira Avelar Pitanga, que compartilhou a organização estrutural da educação inclusiva no município, alertando os alunos sobre suas futuras atuações profissionais e os desafios que existem mediante as práticas pedagógicas.

 

O evento também contou com a participação do professor de Libras da Rede Estadual e Municipal de Marataízes Cristiano Calegário, que falou sobre sua vida, suas dificuldades enquanto surdo, dos desafios que ainda enfrenta na sua vida pessoal e profissional, impressionando a todos os presentes. A versão voz do palestrante em questão foi feita por sua esposa e Intérprete de Libras Altenick Martins.

 

Para finalizar os trabalhos, os participantes foram impactados com a brilhante palestra da Pedagoga e Intérprete de Libras da rede estadual de educação Rogéria Gomes Prett Campagna, que compartilhou sua trajetória profissional e falou sobre a Escola Inclusiva x Escola Bilíngue, mostrando as conquistas da comunidade surda e as lutas pelo bilinguismo.

 

Após o término do IV Simpósio de Libras, alunos e visitantes demonstraram alegria e emoção em participar do evento, repercutindo positivamente sobre toda a comunidade universitária. Para as professoras da disciplina, a ocasião foi um marco na vida dos que ali estiveram, pois cada palestra e apresentação cultural provocaram reflexões acerca da inclusão do surdo na sociedade. “Agradecemos a nossa coordenadora Jaqueline Ramalho pelo apoio, aos palestrantes, aos colaboradores, aos alunos e à comunidade que ali estiveram. Foi emocionante prestigiar cada momento ao lado de vocês! Fica nosso carinho e gratidão”, Nathalia e Yerecê.