VII Simpósio de interações ecológicas discute mudanças climáticas e alterações ambientais

Postado em 02/04/2018 por Gilliane Correia Wichello.

Com informações de Coordenação do curso de Ciências Biológicas.

Visualizado 391 vezes.


Com o objetivo de conhecer as principais relações ecológicas existentes entre os seres vivos, caracterizando as mudanças climáticas, bem como analisando suas consequências, foi realizado, de 26 a 28 de março, o VII Simpósio de Interações Ecológicas, que discutiu as mudanças climáticas e alterações ambientais, por meio de palestras sobre as interações ecológicas, suas possíveis alterações de acordo com as mudanças climáticas, conservação ambiental e a distribuição da biodiversidade nos ecossistemas mundiais.

 

O evento contou com a participação dos acadêmicos de professores do curso de Ciências Biológicas e, durante a programação foram convidados palestrantes reconhecidos.

 

Na abertura do VII Simpósio de Interações Ecológicas, a Coordenadora do curso de Ciências Biológicas Prof.ª Marilene Dilem agradeceu a participação dos acadêmicos do curso e enalteceu a importância da temática do simpósio deste ano: mudanças climáticas e alterações ambientais, para os futuros biólogos formados pela São Camilo.

 

A palestra de abertura foi “Efeito das variáveis climáticas no crescimento e desenvolvimento vegetal”, com a Bióloga Dr.ª Talita Miranda Teixeira Xavier, Doutora em Produção Vegetal pela UFES com projeto de pesquisa sobre a influência de altas demandas atmosféricas, associadas a deficiência hídrica nas respostas fisiológicas de eucalipto.

 

No demais dias, foram realizadas as palestras “Mudanças Climáticas na Educação Básica”, ministrada pelo Biólogo Mestrando Renan da Silva Carvalho e “Mudanças Climáticas: Um panorama atual”, realizada pelo Professor da São Camilo Lima Deleon Martins.

 

As mudanças climáticas constituem um dos maiores desafios da humanidade no futuro próximo. Doenças, pragas e plantas invasoras estão entres os principais fatores responsáveis por redução de produtividade e a discussão deste tema é estratégica para a sustentabilidade dos ecossistemas, a diminuição dos impactos climáticos globais sobre os problemas que podem vir a surgir. A São Camilo parabeniza o curso de Ciências Biológicas pela iniciativa.