Gestão, legislação e avaliação em interlocução: perspectivas para educação básica

Postado em 04/07/2019 por Renata Dias Lopes .

Visualizado 173 vezes.


A formação docente é um desafio traçado e dividido entre os docentes e discentes do Centro Universitário São Camilo –ES, que acreditam na formação integral de um sujeito que percebe sua construção gradual na medida que os conhecimentos adquiridos tomam forma e sentido em seu cotidiano.

 

O diálogo proposto entre as disciplinas “Avaliação Escolar” e “Gestão e Legislação Educacional” é o começo de uma prática integralizada no compromisso de formar docentes para uma fazer diferenciado, onde o foco de suas práticas, planejamento e intervenções pedagógicas colocam seu futuro aluno com protagonista da realidade social.

 

Para discutir a temática, foi realizado, no dia 26 de junho, o evento "Gestão, Legislação e Avaliação em interlocução: perspectivas para Educação Básica", para os alunos de todos os Núcleos de Licenciatura, no Auditório Pe. Sanzio Cicatelli.

O palestrante convidado foi o Professor de Educação Física Ronildo Stieg, Mestre e Doutorando em Educação pela UFES, que abordou sobre as concepções de avaliação educacional e possibilidades de progressões pedagógicas, compartilhando com os discentes sua ampla experiência não só na Educação Física, mas também na área de formação de professores.

 

Acadêmica do 5º período de Pedagogia, Amanda Cardoso relatou a importância do evento para a sua formação: “Ronildo veio falar para nós sobre os processos de avaliação nas diferentes etapas da educação infantil, do fundamental 1 e 2 e ensino médio, que devemos atender às especificidades de cada etapa dos alunos, de forma a atender também aos seus interesses. Quanto futura pedagoga, seus exemplos me permitirão uma melhor intervenção no acompanhamento pedagógico no trabalho dos professores”.

 

Para finalizar a noite, foi realizada uma mesa-redonda com os professores dos Núcleos de Licenciatura. Por meio da vivência de novas discussões, o evento nos mostrou que o docente precisa se preparar para as novas exigências do mercado de trabalho, pois o exercício de ser professor vai muito além da sala de aula.