Seminário discute a história da colonização brasileira

Postado em 01/06/2021 por Stanley Mion .

Visualizado 53 vezes.


O curso de História do Centro Universitário São Camilo – ES promoveu entre os dias, 17 a 19 de maio, o XVI Seminário de História com o tema “Descolonialidades, saberes e projeções”, o evento discutiu e analisou a importância do estudo de diferentes abordagens e temáticas em relação a História, com ênfase na história da colonização do Brasil, por meio da socialização de pesquisas, oficinas e estudos, com discentes e docentes da Instituição e professores e pesquisadores convidados.

 

O objetivo do Seminário de História é a expansão do saber a partir de trocas de experiências entre acadêmicos, de modo que o evento parte do curso de História e auxilia na formação de profissionais críticos e atentos, além do incentivo a pesquisa, que são temas emergentes na grade curricular, além de gerar reflexões, discussões entre docentes e discentes.

 

O diálogo construído nesses três dias de evento é de suma importância, uma vez que a linha de pesquisa de estudos pós-coloniais busca a desconstrução da narrativa eurocêntrica, passando por três espaços: América Latina, Ásia e África, como foram divididas as palestras.

 

Participaram cerca de 276 pessoas em todos os dias do evento. Os alunos interagiram com perguntas, comentários, elogios, e pedidos de indicação para expandir a bibliografia. E como convidados tivemos Edson Kayapó (IFBA), Nina Paschoal (PUC-SP) e Gustavo Forde (UFES).

 

Depoimentos

 

Talytha Cardozo Angelo – 5º período de História

 

“O XVI Seminário de História foi incrível em cada momento, a partir da oportunidade de diálogo nas palestras com estudiosos das temáticas, tivemos contato com relatos de experiência, trajetória e eixos de pesquisa que são novidade. Como também as oficinas, onde, além dos professores do colegiado, e convidados externos, houve a presença de uma egressa, o que é característico do nosso curso de História, essa união tornou possível o resultado final. A parte ruim é que acabou”.

 

Flávia Costa Silva Fernandes – 3º período de História

 

“Desde ano passado estamos vivendo no contexto de pandemia e mais uma vez o curso de história precisou se reinventar. A XVI Semana de História foi espetacular, desde bastidores até os três dias de evento. As temáticas abordadas nas oficinas e palestras foram agregadoras e com certeza vieram para contribuir com a nossa formação pessoal e acadêmica”.