Pós-graduação em Enfermagem em Neonatologia é diferencial na Unidade Vitória

Postado em 30/06/2014 por Gilliane Correia Wichello e Luciana Ferrares Roli.

Com informações de Sandra Cavati Ribeiro Santos - Especialista em Enfermagem Neonatal.

Visualizado 2663 vezes.


Já é de conhecimento da comunidade acadêmica a necessidade de cuidados com aqueles que exercem esta tarefa de cuidar e de promover o bem-estar físico, psicológico e social de outro ser humano, com a finalidade de evitar a sobrecarga de quem a exerça ou se torne um fardo insuportável, ou ainda, acarrete aos cuidadores sofrimentos comparáveis aos daqueles a quem cuidam.

 

Atualmente, tem-se falado muito sobre a Síndrome de Burnout a qual é definida pelo esgotamento físico, psíquico e emocional, em decorrência de trabalho estressante e excessivo. Os profissionais mais atingidos são os que mantêm uma relação constante e direta com outras pessoas, principalmente quando esta atividade é considerada de ajuda, como: enfermeiros, psicólogos, médicos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, educadores. É caracterizada pela ausência de motivação ou desinteresse, mal-estar interno ou insatisfação ocupacional que parece prejudicar, em maior ou menor grau, a atuação profissional.

 

As situações estressantes podem originar de diversas fontes: da população atendida, muitas vezes carente de recursos emocionais e financeiros, das relações com membros da equipe de trabalho a que pertençam do contexto social em que atuam e de ambientes saturados de sofrimentos físicos e psicológicos.

 

Para tanto, é necessário a criação e a manutenção de um espaço continente, onde todos se sintam predispostos às trocas mútuas sobre as vivências angustiantes de seu dia a dia profissional, bem como a refletir sobre maneiras de atenuá-las. Um ambiente acolhedor que proporcione a tolerância às frustrações; o suporte das ansiedades, das impotências e dos conflitos decorrentes de rivalidades profissionais; a convivência com as diferenças de atuação profissional; e, principalmente, o trabalho em equipe.

 

Para contextualizar os novos profissionais a essa nova demanda que o mercado de trabalho tem imposto o Centro Universitário São Camilo – Unidade Vitória proporcionou um diferencial para os alunos do Curso de Pós Graduação em Enfermagem Neonatal na disciplina Cuidando de quem Cuida em Neonatologia. No dia 14 de Junho 2014 foi ministrado a disciplina com dinâmica sobre o auto cuidado com uma aula de Auto Maquiagem promovida pela MaryKay, a iniciativa foi aprovada pelas alunas que saíram da aula lindas e maquiadas e com certeza de que pequenas ações podem mudar muito a motivação da equipe.