Professora Camiliana homenageada na Câmara Municipal

Postado em 16/12/2016 por Luan Faitanin Volpato.

Com informações de Direção Pedagógica (Edna F. Valory) e Professora Vanessa Juriatto.

Visualizado 1632 vezes.


No dia 31/10/2016, a professora de Língua Portuguesa do Centro Educacional São Camilo, Professora Vanessa Juriatto Santos Pedroni, foi homenageada na Câmara dos Vereadores com o Título de Professor Cachoeirense 2016, por se destacar nas atividades realizadas como professora.

 

Essa homenagem se deu por indicação do Vereador Rodrigo Enfermeiro e, na ocasião da homenagem, foi dada a palavra à professora Vanessa que fez, então, um discurso, enaltecendo todos os professores, por meio de um belíssimo texto de sua autoria que emocionou os presentes. O texto, bastante criativo, homenageia o professor, a professora, a partir do seu próprio título, “Professor... que  classe é essa?”

 

Para que o leitor conheça o texto e possa compreender um pouco mais da essência dessa CLASSE tão importante para nossa sociedade em geral, segue, na íntegra, o texto da Professora Vanessa para sua leitura e possíveis reflexões:

 

Professor... Que classe é essa?

O dicionário define professor como indivíduo que ensina, ministra disciplinas, matérias, numa escola ou universidade; docente. Aquele cuja especialização ou formação acadêmica é ensinar; mestre. Quem sabe muito sobre um assunto ou coisa; perito. Quem professa uma crença ou religião. Além disso, o dicionário também afirma que professor pertence à classe dos adjetivos e à classe dos substantivos.

Desafiar a pesquisa, nesse caso, é comprovar que a palavra professor pertence, verdadeiramente, à classe dos verbos. Mas você deve estar se perguntando... Como assim? Classe dos verbos? É exatamente isso! Professor é verbo! Sim! Verbo! De acordo com os estudiosos, verbos, do ponto de vista semântico, contêm as noções de ação, processo ou estado, e, do ponto de vista sintático, exercem a função de núcleo do predicado das sentenças. E o que isso tem a ver com professor? TUDO! Tudo a ver!

Mas os inquietos e absortos vão questionar: a qual conjugação pertenceria a palavra professor, se só existem os verbos terminados em AR, ER, IR? Muito simples! A terminação OR comprova a sequência como responsabilidade atribuída ao professor... Sequência essa que, nesse contexto, remonta a gramática e reconstrói o conteúdo...

Professor poderia, também, ser da primeira conjugação! Até que combinaria... PROFESSORAR! Seria engraçado e ao mesmo tempo significativo ouvir um professor dizendo, ao sair de casa, ao seu filho ou esposo que, ao invés do famoso “vou dar aula”, vou professorar!

E você pode estar se perguntando ou querendo perguntar: PROFESSOR/ PROFESSORAR seria verbo de ação? Estado? Ou teria a ver com processo, como foi citado anteriormente? Pode-se afirmar que esse verbo está apto a representar os três: ação, estado e processo! Fica fácil, inclusive, comprovar!

Ser professor é agir o tempo todo! Ser professor é ação! Claro! Até na palavra EDUCAÇÃO tem a palavra AÇÃO! Como não lembrar o fato?! Pois então... Professor age desde a hora do planejamento até o final da execução dele... Desde a elaboração de uma prova até o registro das notas obtidas... Desde a primeira data anexada no diário ao conselho final. E o professor não age sozinho! Age junto! Inclusive, você já pode ver a palavra aluno como verbo, bem como outros substantivos que não seriam tão substantivos assim...

PROFESSOR/ PROFESSORAR... Verbo de estado... Pode substituir o SER, o ESTAR, o PERMANECER, o FICAR, o CONTINUAR! O professor continua sendo, continua estando, e precisa permanecer, e precisa ficar!

PROFESSOR/ PROFESSORAR como processo... O professor é o que está muito mais DURANTE do que antes e depois... Compreendeu? O professor é o profissional engajado no processo ensino-aprendizagem... Portanto, tudo a ver com PROCESSO!

Mas, como seria conjugar o verbo PROFESSORAR, considerando que ficaria meio estranho dizer EU PROFESSORO, TU PROFESSORAS... E assim por diante... A questão não é essa! A questão é que o verbo PROFESSOR/ PROFESSORAR combina com todos os pronomes pessoais, pois o professor é aquele que precisa lidar com o EU dele, com suas angústias, com seus desafios, com suas descobertas... É aquele que precisa, incansavelmente, lidar com a 2º pessoa, o seu aluno... E, de qualquer maneira, o professor vai se deparar com a 3ª pessoa: a família, o diretor, o coordenador, a secretária escolar... É preciso que o professor esteja em verdadeira sintonia com todas as pessoas envolvidas na educação e que ele conjugue de suas ideias, angústias, vitórias, desafios...

PROFESSOR, então, pode ser flexionado em todos os tempos e modos verbais... Pode dar ordem – modo imperativo – expressar certeza – modo indicativo – expressar dúvida – modo subjuntivo... PROFESSOR, portanto, precisa ser flexível, o tempo todo, no seu fazer: precisa ter sido (passado), precisa ser (presente) e precisa melhorar, sempre, se capacitar, aprimorar seus conhecimentos (futuro).

Inclusive, muitos outros verbos combinam com PROFESSORAR – Amar, cuidar, ensinar, buscar, errar, acertar, compartilhar, chorar, ganhar, admirar... Aliás... Como não admirar a profissão que faz (verbo de novo) todas as profissões?!

E, para finalizar, cabe aqui, ainda, uma reflexão sobre um verbo implícito em PROFESSORAR! ORAR! Isso mesmo! Orar! Professor é alguém escolhido por Deus! É dom de Deus! E isso não tem como explicar, só tem como sentir e ser... Que você, professor, creia que Deus tem um carinho muito grande para com você e, por isso, todas as suas ações precisam ser conjuntas com Ele! Então, professor, quando tudo estiver bem e quando tudo estiver mal, retire o peso do profess e ore! Entregue a Deus a sua vida, o seu coração, a sua escola, a sua sala de aula e... SUCESSO! Parabéns por ser verbo! Parabéns por ser quem você é!

 

 

O Centro Educacional São Camilo acredita no trabalho comprometido de todos os seus professores e sabe o valor que cada um tem no exercício de sua profissão. Nessa oportunidade, parabeniza a Professora Vanessa que tão criativamente vem, ao longo de vários anos, trabalhando com os nossos alunos, a leitura, a escrita, as várias linguagens, a Língua Portuguesa em seus encantos e nuances. Parabéns, Professora, merecidamente homenageada!!!!