Os Destaques da IV Expociência Universitária

Postado em 30/10/2012 por Patrícia Barcelos.

Com informações de Extensão Universitária.

Visualizado 2311 vezes.


O Centro Universitário São Camilo-ES promoveu mais uma vez, por meio de seus cursos de graduação, a IV Edição da Expociência Universitária Sul Capixaba, que aconteceu durante os dias 22 a 26 de outubro. O evento busca fortalecer suas ações de contribuição para o desenvolvimento sustentável da região sul do Espírito Santo, tanto no que diz respeito ao meio acadêmico, quanto social e mercadológico.

 

  • Abertura

O primeiro dia da expociência contou com os acadêmicos de todos os cursos de graduação da instituição e foi realizado no Unimed Hall (Shopping Sul), com a participação e apresentação do Coral Tocando em Frente. Na abertura oficial do evento, o Reitor do Centro Universitário São Camilo-ES Pe. João Batista Gomes de Lima deu as boas vindas aos participantes e falou sobre a importância da realização da expociência, tanto para a cidade, quanto para o estado, e destacou: “Caros alunos, quero dizer a vocês, que gostam de pesquisar, como também àqueles que já iniciaram ou estão com seus projetos em andamento, e aos que estão pensando em iniciar suas pesquisas, que não fiquem pensando que não vai dar certo. Quero dizer-lhes que não se preocupem, pois a expectativa faz parte do crescimento do pesquisador. Na oportunidade, gostaria de parabenizar os alunos que apresentaram seus projetos nesta edição da expociência. Parabéns pelo esforço!

 

Também estiveram presentes na abertura do evento o deputado estadual Camilo Cola, o Pró-reitor Administrativo Sr. José Bessa Barros, o Pró-reitor Acadêmico prof. Marcos Oliveira Athayde e a assessora de ensino profª. Regina Helena Souza Ferreira.

 

A expociência é um espaço para a construção de saberes necessários para este tempo e caracteriza-se como importante base geradora do saber e ciência, em sua região e estado. Portanto, busca reunir pesquisadores, estudiosos, acadêmicos, empresários e autoridades públicas para discutirem temas relacionados às mais diversas áreas, bem como promover troca de informações no tocante à ciência, tecnologia e inovação.

 

  • Atividades

Em busca de reforçar sua finalidade, a Expociência teve, como palestrantes, o presidente da FAPES Dr. Anilton Salles Garcia e o secretário de estado de Ciência e Tecnologia Dr. Jadir José Péla, que, em suas palestras, falaram sobre os projetos governamentais de incentivo à pesquisa. Em sua fala, Dr. Anilton Salles Garcia agradeceu a instituição pelo convite. “Para mim é uma satisfação muito grande estar presente em um evento como a expociência, e ver um auditório lotado com esse público jovem. Apostando na juventude, nós podemos preparar um futuro melhor para o país”. Já o Dr. Jadir José Péla falou um pouco sobre a realização da 9ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia e se mostrou feliz em participar da IV Expociência Universitária Sul Capixaba. “Eventos como esses têm um objetivo claro, que é a popularização da ciência, e trazer os jovens, a comunidade, para perto de uma atividade que, para muitos, parece estar muito distante. Este é um evento de fundamental importância, em minha opinião”, finaliza.

 

Além das palestras, os acadêmicos tiveram a oportunidade de participar de atividades como, por exemplo, a feira de ciência, mesa redonda de iniciação científica, eventos livres (minieventos promovidos pelos cursos), oficinas técnico-científicas, apresentação oral de trabalhos técnico-científicos em sala de aula, apresentação de bandas musicais, a III Mostra Técnico-científica e a Premiação Científica.

 

Todos os eventos tiveram a intensa participação dos acadêmicos, sendo que o ponto alto foi a III Mostra Técnico-científica, com apresentação de 148 pôsteres e 11 apresentações orais. De acordo com o aluno Leandro Gomes de Faria, participar da expociência é primordial para sua formação. “Nós buscamos conhecimento, e um trabalho, para ser exposto, exige que tenhamos profundo conhecimento sobre o que estamos apresentando. Inúmeras pessoas passaram por aqui, como professores e alunos de outros cursos. Assim,  participar de uma exposição como esta é primordial para nós, alunos”.

 

Já o acadêmico Odair José Correia Canolato disse que estar na expociência é um treinamento. “Enquanto acadêmicos, aprendemos como ser cientistas;  tudo o que fazemos exige embasamento científico, e a expociência nos permite ver como realizar esse tipo de pesquisa. Isso, para nós, é muito importante, pois quando formos nos engajar em outros projetos já estaremos treinados para desenvolvê-los e apresentá-los”.

 

De acordo com o prof. Marcos Oliveira Athayde, pró-reitor Acadêmico, a expociência é um ambiente que gera conhecimento e produto. “A academia tem o papel de “formatar” pessoas, e um dos aspectos é a pro atividade, é a capacidade de ter uma informação e consubstanciar essa informação de tal maneira a gerar conhecimento e gerar produto. O banner, em si, já é um produto; o conteúdo é um outro produto e essa interlocução entre os alunos é um avanço tremendo, pois muitas pessoas têm dificuldade de se apresentar em público, e aqui é uma forma de serem treinados como tal. Tudo isso gera um clima de produção técnico – cientifica, que é o que sustenta a academia. Esse é um momento de extensão universitária e certamente o conteúdo obtido por meio dessas pesquisas retornam à sala de aula, seja por meio de uma foto, de um resultado que o acadêmico obteve, que dará subsídio ao professor para interlocutar mais proximamente à realidade dele  (aluno, sociedade que ele se encontra) e produto que se gera por meio desse negócio chamado pesquisa, que é o que sustenta uma instituição de ensino”, finaliza.

 

A IV Expociência Universitária Sul Capixaba se caracteriza por um pensar pioneiro e pela preocupação de desenvolver a cientificidade, sendo base geradora de tecnologias no estado e no país, com frutos ainda não vislumbrados para nosso desenvolvimento.