Curso de Engenharia Civil realiza mais uma edição de sucesso do Torneio de Pontes de Espaguetes

Postado em 31/10/2022 por Ana Karolina Souza Abreu .

Visualizado 111 vezes.


O curso de Engenharia Civil do Centro Universitário São Camilo – ES realizou, no dia 20 de outubro, mais uma edição do Torneio de Pontes de Espaguetes.

 

A atividade acadêmica buscou incentivar alunos dos cursos de Engenharia civil e Arquitetura a estabelecer relações entre conhecimentos teóricos estudados nas disciplinas de resistência dos materiais e disciplinas afins com a prática projetual e motivar os alunos a desenvolver habilidades que lhe permitam aplicar conhecimentos básicos para projetar estruturas simples ou solucionar problemas estruturais, com auxílio de ferramentas computacionais.

 

O torneio teve como objetivo a análise estrutural, o projeto, a construção e o ensaio destrutivo de pontes de espaguetes. Estas pontes devem ser capazes de vencer um vão livre de 1m, com peso não total não superior a 900 g (contabilizando até 750 g de macarrão e 150 g do conjunto suporte e apoio).

 

Para construir a ponte de espaguetes, as equipes tiveram que realizar análise estrutural do tipo de ponte escolhida, estimar a carga de projeto e confeccionar o projeto detalhado (com intuito de auxiliar na execução do mesmo). Após as análises, cada equipe apresentou o projeto detalhado aos professores da disciplina de Resistência dos Materiais e Hiperestática.

 

Antes do ensaio destrutivo, as pontes foram avaliadas para verificar se as construções atendiam os requisitos previstos no regulamento da competição.

O torneio propiciou uma excelente troca de informações, experiências e conhecimentos entre os alunos dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura, além da interação de alunos e professores dos demais cursos da São Camilo ao prestigiaram a realização do evento.

 

Ao todo, treze equipes participaram da competição, demostrando, assim, o empenho dos discentes na realização do evento.

 

As equipes premiadas foram: 1° Lugar: Equipe da Ponte do Brooklyn – Suportou 72 kg; 2° Lugar: Equipe da Fênix Ponte – Suportou 43 kg e 3° Lugar: Equipe da Ponte No Limite do Amanhã – suportou 42 kg.

 

Com uma intensa participação de aproximadamente duzentas e cinquenta pessoas, a São Camilo agradece a todos os presentes e aos professores Davi de Jesus Chagas, Lima Deleon Martins, Layra Freire e Herbert Torres, e parabeniza a coordenação de Engenharia Civil por abordar uma temática que visa contribuir para além da vida acadêmica e pela organização e realização de mais uma edição de sucesso do Torneio de Pontes de Espaguetes.

 

Depoimentos:

 

Kaylanne Ventury Sobral - 2º Período de Engenharia Civil.

“Participar pela primeira vez da Competição de Ponte de Espaguete, estando no 2º Período de Engenharia Civil, é uma experiência indescritível, mas de muito aprendizado no decorrer de todo o processo até a conclusão da ponte. A experiência nos proporciona momentos de vivenciarmos na prática, a teoria que vimos e aprendemos em sala de aula. Além de ser uma tarefa desafiadora, aprendemos a desenvolver novas habilidades e também o trabalho em equipe.”

 

Laís de Paula Buson – 6° Período de Engenharia Civil

 

“A São Camilo é um exemplo de faculdade, junto com coordenador Prof. Herbert Torres, que está conosco para tudo na nossa formação acadêmica em Engenharia Civil. O torneio da Ponte de Macarrão teve resultados incríveis e inesperados. Foi um aprendizado enriquecedor, tanto para vida profissional como pessoal. Ter o privilégio de participar dessa competição nos permite conhecer nosso potencial como equipe e como indivíduo.”

 

Gisele Aparecida Gomes Afonso – 8° Período de Engenharia

 

“Após 3 três anos sem o evento devido a pandemia, pudemos enfim participar do evento juntamente com os alunos da Arquitetura.

 

Durante a elaboração dos projetos das pontes de espaguete, pudemos colocar em prática conhecimentos adquiridos em sala de sala, como cálculo de tensões

 

e resistência dos materiais, conhecimentos necessários para o dimensionamento estruturas maiores, como de concreto armado, estruturas metálicas e de madeira. Estou ansiosa para participar da próxima competição”.