Iconografia, representações e resistências é tema do XIV Seminário de História

Postado em 30/05/2019 por Renata Dias Lopes .

Visualizado 267 vezes.


O curso de História do Centro Universitário São Camilo – ES promoveu, nos dias 22, 23 e 24/05, o XIV Seminário de História, com o tema "Iconografia, Representações e Resistências", que teve como foco a representação da mulher e do negro na sociedade.

 

O evento, que foi aberto ao público, realizou-se no Auditório Pe. Inocente Radrizzani, no período noturno, e contou com apresentações culturais, palestras, apresentações de pesquisas científicas e mesa-redonda.

 

Para o egresso de Letras – Língua Portuguesa, Marcus Vinícius Costa, que veio prestigiar uma das noites de evento, em tempos em que os discursos de ódio são cada vez mais vistos, dar voz às minorias é essencial. “Estive presente na segunda noite do evento para assistir à mesa-redonda com o tema Representação social do negro no Brasil. Mesa composta por mulheres negras, que representaram muitas outras que não tem voz. Elas trouxeram dados históricos sobre negros no Brasil, situações em que sofreram racismo, a precariedade das leis brasileiras em relação ao crime de racismo, a falta de representatividade, críticas à sociedade que acredita que falar disso é ‘mimimi’ e muito mais. Foi uma noite enriquecedora e esclarecedora, que conscientizou sobre o respeito e a necessidade da empatia”, declarou.

 

Para finalizar, o evento contou com o lançamento do livro “Sempre aqui, nunca mais”, do acadêmico do 5º período, Israel Guimarães e foi um sucesso! A São Camilo parabeniza a todos os envolvidos!