Alunos de escolas particulares de Cachoeiro realizam embate entre Atenas X Esparta

Postado em 18/11/2019 por Stanley Mion.

Visualizado 229 vezes.


O curso de História do Centro Universitário São Camilo – ES, juntamente com o Professor de História da Educação Básica, Rafael Magalhães Costa, promoveu um debate interescolar sobre Atenas e Esparta, envolvendo alunos de duas escolas particulares do Sul do Estado, o CELP - Centro de Ensino Lauro Pinheiro e a Escola Guimarães Rosa, bem como os discentes do curso de História do Centro Universitário São Camilo – ES.

 

O evento, que aconteceu no último dia 07 de novembro, teve como objetivo promover a interação entre o Ensino Médio e o Ensino Superior, envolvendo o debate sobre temas políticos, econômicos, filosóficos e culturais que permeiam o saber histórico, assim como demonstrar a importância de discutir temas como a cidadania, as questões de gênero, a democracia e o poder político.

 

A aluna do 4º período de História, Yasmin Giro, relata que: “Eu, particularmente, considero o debate umas das formas mais eficazes de desenvolver no aluno autonomia, mediante à pesquisa, que é fundamental a qualquer convencimento pretendido e desenvolver a argumentação. O debate Atenas X Esparta é um belo exemplo, na prática, de como essa metodologia pode ser bem-sucedida. Os alunos mostraram grande desenvoltura ao montar uma linha de raciocínio na hora de argumentar sobre sua cidade-estado, além de demonstrarem um grande conhecimento em competências e habilidades, ora trazendo a discussão para o tempo atual, ora eles mesmos fazendo as ressalvas necessárias. Por isso, aplicar debates como forma de avaliação é, antes de tudo, inverter o papel de uma educação que é tradicional. Colocar o aluno como protagonista deve estar enraizado em qualquer plano de aula dos professores".

 

Ao final do debate, a escola vencedora foi Guimarães Rosa, representando Esparta, que levou um troféu que simboliza trabalho em equipe, muito empenho e interação entre alunos.