Seminário de História discute o atual cenário de pandemia na realidade brasileira

Postado em 28/08/2020 por Stanley Mion .

Com informações de Coordenação do Curso de História .

Visualizado 64 vezes.


Diante da necessidade sentida pelos estudantes em debater assuntos atuais que se agravaram devido à pandemia do Covid-19 e que, em especial no Brasil, tomou proporções desastrosas, o curso de História do Centro Universitário São Camilo – ES realizou o décimo quinto Seminário de História.

 

A temática abordada buscou preparar os nossos graduandos para a nova dinâmica da educação. Sendo assim, foram ministrados minicursos de produção de vídeos para o ensino à distância e realizadas palestras para debater o tema. Dentre os assuntos, estavam: Como o Estado brasileiro desenvolveu ações de enfrentamento da pandemia, destacando os acertos e erros; Análise da participação do 4º poder na pandemia; Discussão sobre a Educação e as fragilidades do sistema educacional em tempos de pandemia.

 

O seminário, que aconteceu no período da tarde e da noite entre os dias 19 e 21 de agosto, com duração entre 1h30/2h, contou com a participação de cerca de 38 a 65 alunos. Houve bastante interação entre eles e os convidados, o que foi um ponto positivo e muito importante, comprovando todo o alcance das redes sociais.

 

“O evento ocorreu de forma a superar expectativas. Nós, com apoio do colegiado, nos empenhamos na divulgação do evento nas mídias sociais, em especial no Instagram. Os alunos, do curso e os de fora, participaram de todas as palestras e minicursos. Mostramos que o Seminário de História é um evento que deve ocorrer todos os anos, devido a sua importância em propor debates e discussões sobre temáticas que se fazem necessárias na atualidade. O tema foi pensado em decorrência a sua urgência e da exposição de problemas que, embora não tenham aparecido com a pandemia, foram, de fato, agravados por ela. Foi um desafio, pois todos os dias tivemos programação. Porém, com o engajamento de todos e nos temas que foram pensados, foi uma semana proveitosa que com certeza deixará saudade”, relatou Yasmim Giro, do 6º período de História.

 

“Comemoramos com muita alegria o XV Seminário de História. Com a realidade em que o mundo se encontra, estudantes e professores teriam muitos motivos para desanimar ao organizar um evento que envolve interação com o público. Porém, apesar de tudo, nosso seminário foi um sucesso. Traçamos novos caminhos e levamos o passado para o mais próximo possível do presente. Foi uma verdadeira comunhão entre vários conhecimentos, do medievo ao tempo presente, da arte renascentista para arte de educar, utilizando da tecnologia em tempos de covid-19. E se Peter Gay (historiador alemão radicado nos Estados Unidos) acreditava que para um historiador “a psicologia é sua ajudante principal”, no XV Seminário de História não foi diferente: tivemos um momento incrível de diálogos sobre psicologia em tempos de pandemia. Em resumo, se é que podemos resumir algo com tantos detalhes riquíssimos, foi espetacular e, sem dúvidas, vai ficar marcado na história do curso como um momento de resistência e superação. Nos resta uma gratidão por cada participante, palestrante, professor e estudante. E, apesar de sermos historiadores, e assim ligados no passado, aqui temos os olhos no futuro, na XVI Semana de História.”, comentou Felipe Charra, do 6° período de História.

 

Dividido entre minicursos, oficinas e palestras, o evento contou com um leque diverso de convidados, entre eles, Aline Freitas Dias, Rafael Magalhães, Bruno César Nascimento, Ciro Lins, Ethel Maciel, Matheus Brum, Thiago Xavier, Leandro Bayerl, Vitor Benevenuto, Thais Oliveira e os alunos do 6º período: Lídia Togneri, Felipe Charra, Yasmim Giro e Gabriel Marion.

 

A São Camilo e o colegiado de História agradecem a todos que participaram!